quinta-feira, 30 de junho de 2016

Reaberta

És flecha certeira
Que me atravessou inteira
E me fez cair

Já não terias partido?
Já não terias sumido?

És incompleto
Que pensei preencher
E acabou de me partir

Já não terias partido?
Já não terias sumido?

És muro, concreto
Não porta, a se abrir
És a mais viceral dor
Que precisa sumir.

Partiu
Sumiu
Nunca esteve aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário