domingo, 23 de junho de 2013

Do Pessoa no mundo


" Nada se sabe, tudo se imagina 
Circunda-te de rosas, ama, bebe

E cala. O mais é nada "

-Pessoa


Das rosas imagino
as formas
coloridas, distraídas
esquecidas
Dos amores imagino
os calores
apertados, suados
suspirados
Vida de rosas
Vida de amores
Vida ébria
sem dores,
com cores.
Vida de rosas
Vida de amores
Vida ébria
sem eira, nem beira
sempre muda, calada.
O mais, é nada.





quinta-feira, 20 de junho de 2013

Do novo

Sobrevoando
Sobre você

Buscando

Buscando ideias
ideias borboletas
Que nascem estranhas
Que ganham leveza
Que morrem no auge da beleza

Sobrevoando
Sobre você

Abrindo

Abrindo caminhos
Na mente, no ser
Que nasce leve
Que ganha beleza
Que morre no auge da estranheza

Sobre você


                                     Voando.

sábado, 15 de junho de 2013

Restos (Res)pirados

Ah... essas reviravoltas!
Ah... esse lento relógio!
Ah... essa vida que pulsa,
sem sangue espalhar.

Ah... essas reviravoltas!
Ah... esse lento relógio!
Ah... esse mundo insano,
mudando tudo de lugar.

Ah... essa vida maldita!
Ah... essa felicidade esquisita!
Ah... esse tempo sorrindo,
sem os dentes mostrar.

Ah... essa vida maldita!
Ah... essa felicidade esquisita!
Ah... esses olhos pequenos,
bilocas que fazem o tempo parar.

Respiro. Suspiro