quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Conflito

sou 
um todo
em partes
partes de nós
eu e tu
que guardo em mim.

de resto
partes avulsas
de vida reclusa
do que não te interessa.

toda parte que resta
é minha, sozinha.
e me fazem inteira, 
crua.

mesmo que não
seja sua.

Oficina

E o Diabo chega,
com toda pompa
de quem paga a conta
Entra, senta, se acomoda
observa a bela obra
construção fria
no que antes
era cabeça
vazia.



terça-feira, 29 de agosto de 2017

Ordem

entre risos
entre gestos
entre gozos
e expressos

te amo

entre lágrimas
entre livros
entre beijos
e suspiros.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Recepção

que esse troço de
esperar
ainda me fará
morrer


de tédio, ansiedade ou loucura.


que a vontade de viver
tudo
talvez, seja doença
ou cura.



terça-feira, 30 de maio de 2017

Confissão sobre a insônia

Café
passado
se faz
presente.

.

Êta!
Rima demorada
Como Maria Fumaça
passeia por minh'alma
Muda.
Sem apitos ou alarde.
Cruza minhas montanhas
Mergulha em meus mares
e segue,
Sem pressa ou questão.
Sem um destino certo
Sem acalmar o coração.

Êta!
Rima demorada
Passou,
sem ninguém ver
Sem eu nem saber
Sem causar confusão.

Êta!

domingo, 30 de abril de 2017

Belchior



Ficaremos sempre jovens,
Manteremos as mão limpas,
Aprenderemos o delírio com tuas músicas reais.


Desejamos com este fim
Do perigo que a vida é,
Muito amor e tudo mais.


Anjo, Herói, Prometeu, Poeta e Dançarino.
Ou apenas um rapaz, latino-americano.


A voz resiste.
A fala insiste.

você o ouvirá.