terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Moeda

Foi tudo mentira
E estão todas aqui
Em cada rima.

Foi tudo verdade
E estão todas aqui
Em cada sonoridade

Para você: mentira
Para mim: verdade

O amor pertence a apenas um lado
De uma moeda.

Foi. Nunca será, como foi.
Queira Deus, que continue sendo
Algum dia, e que seja melhor
Melhor. Verdade dupla, sintonia.

Não

Não posso
Deixar morrer
As rimas que faço

Não posso
Deixar morrer
Apesar
De não ter
O amor como traço
Das rimas que faço.