segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Aquele do Olhar de Fogo

Aquilo que não me prenderá em lágrimas,
Aquilo que me deixará voando.
Espero que não se importe...
Não se importe por favor!
Quero me fazer sua,
Quero me ver em teus braços,
Quero poder amá-lo para sempre.

Pois já o amo!
Pois já sou tua!
Mesmo sem teus braços a me ter.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Todo Tchau começa com um Oi

E hoje me faço saudade.
Saudade das histórias que não se uniram.
Saudade do tempo que não existiu.
Saudade do que ficou na imaginação.

Só sei que senti.

O adeus foi inevitável.
Só quero algum dia poder me despedir, só para poder,
Antes de qualquer despedida, dizer-te olá.
Olhar teus olhos de fogo, e apenas dizer: olá.

Memórias de uma Alma que [ainda] sonha.
"Quem dera eu sonhar estes sonhos bonitos, cheios daquilo que não sei se sinto, ou se não. Apenas sei que existem, ao ver escrito em teus olhos."