segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Aquele do Olhar de Fogo

Aquilo que não me prenderá em lágrimas,
Aquilo que me deixará voando.
Espero que não se importe...
Não se importe por favor!
Quero me fazer sua,
Quero me ver em teus braços,
Quero poder amá-lo para sempre.

Pois já o amo!
Pois já sou tua!
Mesmo sem teus braços a me ter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário