terça-feira, 20 de outubro de 2015

Entre os.... A saudade

Aqui não temos morro
Mal e mal
Uma ladeira
Mas não é isto que afasta
A saudade sorrateira
Ela muda de lugar
Endereço
Coração
Mas não deixa de cercar
De se esconder
Em tal paixão
Entre as bocas
Pernas, beijos
Entre a vida, os sonhos
E das almas, união
A saudade permanece
Na ausência
Em meu colchão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário