domingo, 11 de maio de 2014

Intervalos

Intervalos
Entre a felicidade 
Que consomem
E amedrontam
Quem já pulou
De cabeça. 

Mesmo voando, posso ver o chão, e ele me dá medo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário