domingo, 20 de abril de 2014

Tato

Mãos que se apertam
Tateando o amor
Que se esconde
Nas hesitações da voz
Em dizer que te amo
E te amo
E te amo

Nenhum comentário:

Postar um comentário