quarta-feira, 2 de abril de 2014

Revolta

É tanto amor dentro de mim
que um dia meu coração
revolta-se
sai pela minha boca
e vai bater na porta do seu peito
lhe chamando de "meu"

Nenhum comentário:

Postar um comentário