domingo, 23 de maio de 2010

Hoje nem é quarta eu sei mas tenho muita coisa pra dizer.
Parece que agora sou a vilã de uma história da disney, daquelas naturalmente más, que nem motivos necessitam.
Me perguntam, porque ficaste apenas na rua apenas longe.
Porque quando estou perto é a mesma coisa se eu estivesse longe, cansei dos mesmo bestiais assuntos de uma mente que se diz evoluída, sofrida com a vida, mas é a mesma criança que sonha com um príncipe e com isso consegue apenas derramar mais lágrimas nas pessoas que por ela são sempre esquecidas.
Na "rua" eu sou querida, bem tratada, amada de forma explícita, e me integro e me divirto.
Se você me falar que a "rua" não é real, eu duvido até o fim.
To tão puta que nem sei o que escrever, SIM PUTA, P-U-T-A.
Foda-se se é palavrão, se não gostou toma no cu que vai gostar.